Perfil dos Pacientes com Necessidades Especiais Atendidos em uma Instituição de Ensino Superior Privada

Elisangela Fernandez PREVITALI
2012 Pesquisa Brasileira em Odontopediatria e Clínica Integrada  
Objetivo: Traçar o perfil dos pacientes com necessidades especiais que receberam tratamento odontológico em uma Instituição de Ensino Superior Privada. Método: Foi realizado estudo descritivo e retrospectivo com a análise dos 628 prontuários de Pacientes com Necessidades Especiais atendidos de no período de 2001 a 2008 na disciplina de Odontologia para Pacientes Especiais da UNICSUL, São Paulo/SP. Foram registrados os dados relativos ao sexo, idade, diagnóstico médico da condição incapacitante,
more » ... ição incapacitante, motivo da consulta, uso contínuo de drogas psicotrópicas, tomadas radiográficas e tratamentos odontológicos realizados e o tempo de permanência em tratamento na disciplina. Os dados foram analisados por meio da estatística descritiva e inferencial (Teste do Qui-quadrado), com nível de significância de 5%. Todas as análises foram feitas com o programa SPSS, versão 15.0. Resultados: Observou-se diferença significante entre os sexos e as condições deficiência física (p=0,020) e transtornos convulsivos (p=0,001), com maiores porcentagens para o sexo feminino; e para as condições cardiopatias (p=0,001), hipertensão arterial sistêmica (p=0,023), e diabete melito (p=0,001) maiores porcentagens para o sexo masculino. Com relação à idade observou-se que o grupo dos indivíduos com deficiência física recebeu tratamento em todas as faixas etárias e os indivíduos com doenças sistêmicas crônicas apresentam idade superior a 40 anos. A busca por tratamento odontológico foi o motivo responsável pela maior procura por atendimento. Dos indivíduos com transtornos psiquiátricos 88,6% e dos indivíduos com transtornos convulsivos 87,5% faziam uso de drogas psicotrópicas. Os tratamentos restauradores corresponderam em 54,1%, os periodontais 42,2%, os cirúrgicos 33,1% e os endodônticos com 16,6%. O tempo médio de tratamento foi inferior a três meses em 46,5% da amostra. Receberam alta do tratamento odontológico 46,7% dos indivíduos Conclusão: As mulheres com deficiência física de todas as idades e os homens com doenças sistêmicas crônicas e idade superior a 40 anos foram os que mais buscaram e receberam tratamento odontológico restaurador. Assistência Odontológica para Pessoas com Deficiências; Perfil de Saúde; Odontologia. Objective: To characterize the profile of patients with special needs who received dental treatment in a Private Higher Education Institution. Methods: In this descriptive and retrospective study, 628 medical files from individuals with special needs who received dental treatment from the Discipline of Dentistry for Special Patients at UNICSUL, São Paulo, SP between 2001 and 2008 were reviewed. Data collection were related to sex, age, medical disabling condition, reason for consultation, continuous use of psychotropic drugs, dental care performed, radiographs taken and time spent in treatment. Data were analyzed by descriptive and inferential statistics (Chi-square test) using SPSS program (15.0 version) with significance level set at 5%. Results: It was observed a significant difference between the sexes for physical disability (p=0.020) and seizure disorders (p = 0.001), with higher percentages for females, and for heart problems (p = 0.001), hypertension (p = 0.023), and diabetes mellitus (p = 0.001) with higher percentages for males. The individuals with physical disabilities received treatment in all age groups, and individuals with chronic systemic diseases over the age of 40. The need of dental care was the reason for searching dental care. Most individuals with psychiatric disorders (88.6%) and seizure disorders (87.5%) were under therapy with psychotropic drugs. Restorative, periodontal, surgical and endodontic treatment accounted to 54.1%, 42.2%, 33.1% and to 16.6% of the procedures, respectively. The mean treatment time was less than three months in 46.5% of the sample. As much as 46.7% of the individuals completed from dental treatment. Conclusion: Women with physical disabilities of all ages and men with chronic systemic diseases aged over 40 years were those that most sought and received dental treatments.
doi:10.4034/pboci.2012.121.12 fatcat:jwf4ljwk6vbrjjjduenj5fvf7q