Salto Alto: um Estudo Sobre Personalidade e Consciência de Moda

Suzane Strehlau, Ana Claudia Espirito Santo, Laura Welter
2013 REMark: Revista Brasileira de Marketing  
Brasil) Salto Alto: Um Estudo Sobre Personalidade e Consciência de Moda ________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________ Revista Brasileira de Marketing -REMark, São Paulo, v. 12, n. 2, p. 203-225, abr./jun. 2013. 204 SALTO ALTO: UM ESTUDO SOBRE PERSONALIDADE E CONSCIÊNCIA DE MODA RESUMO Este artigo investiga a relação entre o uso do salto alto, traços de personalidade e consciência
more » ... dade e consciência de moda das mulheres adultas. A teoria sobre o comportamento do consumidor afirma que a personalidade do consumidor é um fator psicológico que afeta as decisões de consumo, assim como a atitude com relação à moda. A abordagem é a quantitativa exploratória por meio de um levantamento com 83 mulheres. Utilizaram-se dois instrumentos de coleta: um questionário sobre o uso do salto e escala de consciência de moda; e outro com o teste HumanGuide. O método de análise utilizado é uni variado e multivariado com auxílio do Software SPSS e do Partial Least Squares -PLS para estimar os coeficientes. Os resultados indicam que 60% das respondentes sentem dores quando usam salto alto. Embora estilistas indiquem que um salto alto tem altura superior a 8 cm, a pesquisa indica que as mulheres consideram um salto alto a partir de 5 cm. Apenas 27,3% das respondentes com mais de 50 anos usam saltos acima de 8,5cm. O Human Guide revelou-se bom para o uso em Marketing no sentido que os entrevistados não tiveram dificuldade em responder às questões. O uso de salto alto é majoritariamente explicado pela consciência de moda. O fator mais influente da personalidade é a Estabilidade, indivíduos descritos como conservador, tradicional, econômico, estável, cauteloso, firme, sério e ruminador de idéias. Dessa forma, infere-se que estas respondentes usam sapatos de salto alto por estarem relacionados a uma vestimenta elegante e tradicional. ABSTRACT This article investigates the relationship between the use of high heels, personality traits, and fashion consciousness of adult women. The theory of consumer behavior states that the personality of the consumer is a psychological factor that affects consumer decisions, as well as the attitude towards fashion. A survey with 83 women was conducted with two questionnaires. One questionnaire was about fashion consciousness and the use of high heels, and the other utilized the HumanGuide test. The analysis used univariate and multivariate techniques with the aid of SPSS software and Partial Least Squares. The results indicate that 60% of respondents feel pain when wearing high heels. Although designers indicate that a high heel height is above 8 cm, this research indicates that women consider a high heel from 5 cm. Only 27.3% of the responders over 50 years of age use high heels over 8.5 cm. The HumanGuide proved to be useful for Marketing in the sense that the respondents had no difficulty in answering the questions. The use of high heels is mostly explained by fashion consciousness. The most influential factor was the stability of personality, individuals described as conservative, traditional, economical, stable, cautious, steady, and serious. Thus, it appears that these respondents wear high heels because they are related to an elegant traditional dress.
doi:10.5585/remark.v12i2.2563 fatcat:453hash37jcglloq4v6h72o2ka