Jean Meslier revisitado

Paulo Jonas de Lima Piva
2020 Cadernos de ética e filosofia política  
O artigo a seguir foi redigido em 2013, animado pelo lançamento em tradução brasileira de 2012, pela WMF Martins Fontes, de Os ultras das Luzes, o volume 4 da Contra-história da filosofia de Michel Onfray. Um dos personagens abordados com destaque no livro de Onfray é Jean Meslier (1664-1729), filósofo materialista, ateu, sensualista no seu sentido epistemológico e ético, comunista, anticlerical, anticristão e, ao mesmo tempo, por força maior, padre de aldeia, e, graças a Voltaire, que foi o
more » ... taire, que foi o seu maior divulgador mesmo que ao seu modo nada honesto, um precursor das Luzes francesas. No Brasil, nos anos 80, Maria das Graças de Souza apresentava aos leitores e, sobretudo, aos pesquisadores brasileiros, no mesmo espírito iluminista de Onfray e com a honestidade que faltou a Voltaire, a vida e o pensamento de Jean Meslier. São destas apresentações e revisitações de Meslier que trata este artigo.
doi:10.11606/issn.1517-0128.v1i36p89-104 fatcat:u7socdh2izfr5bgttpepvmfy2q