Conhecimento e uso do ouricuri (Syagrus coronata) e do babaçu (Orbignya phalerata) em Buíque, PE, Brasil

Márcio Ulisses de Lima Rufino, Judas Tadeu de Medeiros Costa, Valdeline Atanasio da Silva, Laise de Holanda Cavalcanti Andrade
2008 Acta Botânica Brasílica  
O Nordeste do Brasil abriga 80 espécies de palmeiras nativas, com baixo endemismo (27,5%), algumas delas ameaçadas pelas alterações destrutivas do habitat natural, associadas à exploração desordenada. Investigou-se do ponto de vista etnobotânico a importância do ouricuri (Syagrus coronata) e do babaçu (Orbignya phalerata) em uma comunidade estabelecida junto ao Parque Nacional Vale do Catimbau, município de Buíque, Pernambuco. A importância atribuída pelo povo local para essas espécies foi
more » ... s espécies foi analisada sob os seguintes aspectos: número de usos, número de informantes que faziam uso de seus produtos diretos ou indiretos; grau de consenso entre os informantes referentes aos usos relatados. Os dados foram obtidos através de entrevistas semi-estruturadas (60 informantes) e de índices baseados em técnicas de consenso do informante. Foram citadas sete categorias de uso: alimento do homem; alimento de animais domésticos; alimento de animais silvestres; construção; artesanato; combustível; medicinal. Apesar da diversidade de usos (Sc = 33; Oph = 25), a importância das duas espécies está relacionada predominantemente ao aproveitamento da amêndoa, como mostram os índices de valor para frutos (Sc = 0,48; Oph = 0,56). Analisando a contribuição de cada espécie para o uso total, o ouricuri apresentou maior valor (8,58) em relação ao babaçu (6,31). Sinais de um processo de erosão do conhecimento foram observados, com vários usos apontados como não mais praticados na comunidade, particularmente os associados ao artesanato.
doi:10.1590/s0102-33062008000400025 fatcat:f3jdmbwyz5es5mmvqf3nqfsv64