Inserções enunciativas, autonímia e suppositio semantica

Eugênio Pagotti
2006 Filologia e Linguística Portuguesa  
RESUMO: As inserções enunciativas, enquanto tipos particulares de discurso direto, constituem exemplos de estruturas formadas por signos autonímicos: no uso dos signos, distingue-se claramente entre a menção a referentes extralingüísticos (suppositio formalis) e a menção aos próprios signos (suppositio materialis). Neste trabalho, examinamos um caso intermediário, em que não apenas se torna relevante mencionar autonimicamente o próprio signo, mas também mencionar algum significado específico
more » ... icado específico que o signo deve enfatizar: esses são casos de suppositio semântica.
doi:10.11606/issn.2176-9419.v0i8p97-111 fatcat:exe2egx74zdyxcftqib7nj7vxq