Colonialism in the relationship between workers and service users during care practices: implications for comprehensive care

Maria Denise Schimith, Ana Cristina Passarella Brêtas, Maria de Lourdes Denardin Budó, Anna Maria Chiesa, Gabriela Fávero Alberti
2013 Escola Anna Nery  
Objective: To report on the relationships between the workers and service users and the implications of these for continuity of care. Methods: Qualitative research, undertaken based on a case study, between February and July 2012. The subjects were health workers and the users of a Family Health Unit(FHU). Participant observation, interviews and document and record searches were made. Results: Instances were evidenced in which the team generalizes the service users, which disregards their
more » ... regards their uniqueness; this dismisses the service user, revealing the fragility of the comprehensiveness of the care. Conclusion: There are implications of colonialist relationships which consider the service users as objects, affecting the continuity of the care. The nurses' participation in the processwas revealed, emphasizing the need to deepen reflection in regard to professional practice. RESEARCH PESQUISA -INVESTIGACIÓN Colonialismo nas relações entre trabalhadores e usuários durante as práticas de cuidado: implicações para a integralidade da atenção Colonialismo en las relaciones entre trabajadores y usuarios durante las prácticas de atención: implicaciones para la integralidad de la atención Patient Participation; Continuity of Patient Care; Unified Health System; Nursing; Comprehensive Health Care. RESUMO Este estudo objetivou relatar as relações entre trabalhadores e usuários e suas implicações para a continuidade do cuidado. Métodos: Trata-se de uma pesquisa qualitativa, desenvolvida a partir de um estudo de caso, de fevereiro a julho de 2012. Os sujeitos foram trabalhadores de saúde e usuários de uma Unidade de Saúde da Família. Realizaram-se observação participante, entrevistas e buscas em documentos e registros. Resultados: Evidenciaram-se momentos em que os usuários são generalizados pela equipe, que desconsidera sua singularidade; isso desqualifica o usuário, revelando a fragilidade da integralidade da atenção. Conclusão: Há implicações das relações colonialistas que consideram usuários como objetos, afetando a continuidade do cuidado. Descortinou-se a participação de enfermeiros neste processo, reforçando a necessidade de se aprofundar a reflexão acerca da prática profissional. Participação do Paciente; Continuidade da Assistência ao Paciente; Sistema Único de Saúde; Enfermagem; Assistência Integral à Saúde. RESUMEN Objetivo: Relatar las relaciones entre trabajadores y usuarios y sus implicaciones para la continuidad de la atención. Métodos: Es una investigación cualitativa, desarrollada a partir de un estudio de caso, de Febrero a Julio de 2012. Los sujetos fueron trabajadores de salud y usuarios de una Unidad Salud de la Familia. Se realizó la observación participante, entrevistas y búsquedas en documentos y registros. Resultados: Fueron evidenciados momentos donde los usuarios son generalizados por el equipo, que desconsidera su singularidad; descalifica el usuario, revelando fragilidad de la atención integral. Conclusión: Hay implicaciones de las relaciones coloniales que consideran usuarios como objetos, afectando la continuidad de la atención. Fue revelado la participación de enfermeros en este proceso, reforzando la necesidad de mayor reflexión sobre la práctica profesional.
doi:10.5935/1414-8145.20130025 fatcat:xan5pxpq4rcpzmezey7d2ebppm