Idosos vítimas de quedas admitidos na terapia intensiva: um estudo retrospectivo analítico

Ana Cristina Carvalho da Costa, Renata Costa Fortes
2017 Geriatrics Gerontology and Aging  
RESUMO OBJETIVOS: Investigar o perfil sociodemográfico do idoso vítima de trauma por queda internado na unidade de terapia intensiva (UTI) de um hospital público de referência e verificar a correlação entre idade, comorbidades, tempo de internação, complicações e desfechos clínicos. MÉTODOS: Estudo retrospectivo analítico, de abordagem quantitativa, cuja coleta de dados foi realizada na UTI do Hospital de Base do Distrito Federal da Secretaria de Estado de Saúde do Distrito Federal, DF, no
more » ... ederal, DF, no período de abril a outubro de 2014. Informações sociodemográficas relacionadas ao mecanismo do trauma, comorbidades, tempo de internação, uso de dispositivos invasivos, drogas vasoativas e sedativos, complicações e desfechos clínicos dos idosos internados por queda entre julho de 2012 e julho de 2014 foram coletadas por meio de prontuário informatizado TrakCare®. RESULTADOS: A amostra foi composta de 52 idosos, com prevalência do sexo masculino e queda da própria estatura como mecanismo de lesão. As principais intercorrências foram a infecção pulmonar, a realização de traqueostomia decorrente de falha de extubação ou intubação prolongada, o choque séptico, o uso de hemoderivados e a insuficiência renal aguda. Apesar da alta mortalidade observada no estudo, a maioria dos idosos sobreviveu ao evento traumático e a mortalidade esteve associada ao sexo masculino, ao trauma cranioencefálico (TCE), ao choque séptico de foco pulmonar e à diálise. CONCLUSÃO: A queda da própria estatura, o TCE grave e as fraturas apresentaram alta prevalência, e a maioria dos pacientes exibiu mais de uma complicação durante a internação. Não houve associação significativa entre mortalidade e idade. PALAVRAS-CHAVE: idoso; acidentes por quedas; trauma; unidade de terapia intensiva. ABSTRACT OBJECTIVES: To investigate the sociodemographic profile of elderly victims of trauma from falls admitted to the Intensive Care Unit (ICU) of a public hospital of reference and the correlation between age, comorbidities, length of stay, complications and clinical outcomes. METHODS: Analytical retrospective study with a quantitative approach, which data collection, was performed in the ICU of the Hospital de Base do Distrito Federal (HBDF), of the Secretary of State of Health of the Distrito Federal (SES/ DF) (DF), from April to October 2014. Sociodemographic information related to the mechanism of injury, comorbidities, length of stay, use of invasive devices, vasoactive drugs and sedatives, complications and clinical outcomes of elderly patients admitted for fall between July 2012 and July 2014 were collected through electronic medical record TrakCare®. RESULTS: The sample consisted of 52 elderly, with prevalence of males and the very height fall, as the mechanism of injury. The main complications were pulmonary infection, tracheostomy due to extubation failure or prolonged intubation, septic shock, the use of blood products and acute renal failure. Despite the high mortality observed in the study, the majority of elderly survived the traumatic event and the mortality was associated with male gender, traumatic brain injury (TBI), septic shock pulmonary focus and dialysis. CONCLUSION: The fall from height, severe head injuries and fractures showed high prevalence and most patients had more than one complication during hospitalization. There was not significant association between mortality and age.
doi:10.5327/z2447-211520161600043 fatcat:wac5fbo5dnfotkcrozhfqczrci