Comportamento ingestivo de novilhas de corte em pastagem de sorgo forrageiro implantada com diferentes arranjos populacionais

L.S. Rodrigues, D.C. Alves Filho, I.L. Brondani, J. Restle, V.S. Silva, P.C.P. Colvero, A.L. Silva, R.A. Bona
2019 Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia  
RESUMO O objetivo do presente estudo foi avaliar os efeitos da implantação de pastagem de sorgo forrageiro com diferentes arranjos populacionais no comportamento animal e na estrutura do pasto e de suas relações. Os tratamentos foram a combinação de dois espaçamentos entrelinhas e duas densidades de sementes ha-1, sendo 22 ou 44cm entrelinhas e 12 ou 24kg de sementes ha-1. Foram utilizadas 36 novilhas, com idade e peso corporal inicial de 15 meses e 262kg, respectivamente. Os tratamentos E44D24
more » ... tratamentos E44D24 e E22D12 apresentaram maior tempo de pastejo (469,33 e 467,78 minutos, respectivamente). Os animais do tratamento E44D24 apresentaram menor taxa de bocado (23,99 bocados minuto-1) em relação ao tratamento E22D24 (32,45 bocados minuto-1). Os animais do tratamento E44D12 apresentaram maior número de estações alimentares minuto-1 (9,21) e maior taxa de deslocamento (11,76 passos minuto-1). O espaçamento entrelinhas de plantio de 22cm aumenta o número de bocados estação-1. O aumento na densidade de sementes (24kg ha-1) e a utilização de maiores espaçamentos entrelinhas de plantio aumentam a densidade de folhas nos estratos inferior (0-30cm) e superior (acima de 60cm) do pasto. Os tratamentos E44D12 e E22D24 apresentaram maiores quantidades de colmos no estrato superior do pasto.
doi:10.1590/1678-4162-10026 fatcat:ngsdgt5ujjasjmbruhibyo34sq