ANÁLISE GEOAMBIENTAL DA BACIA DO GUARAPIRANGA, REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO, PARA UMA AVALIAÇÃO DA PRODUÇÃO DE SEDIMENTOS E ASSOREAMENTO DO RESERVATÓRIO CORRESPONDENTEPAULO: PRODUÇÃO DE SEDIMENTOS E ASSOREAMENTO DO RESERVATÓRIO

William De Queiroz, Antonio Manoel Santos Oliveira, Marcio Rossi, Antonio Roberto Saad, Marcio Roberto Magalhães Andrade
2015 Revista Brasileira de Geomorfologia  
Resumo: A atual crise da água, resultante da perda qualitativa e quantitativa dos mananciais e do aumento das necessidades de suprimento, caracteriza o reservatório Guarapiranga, o segundo maior manancial do sistema de abastecimento da Região Metropolitana de São Paulo -RMSP, como um dos exemplos mais Informações sobre o Artigo críticos. O problema da degradação da água armazenada nesse reservatório é gerado, sobretudo, pela contaminação por esgoto, mas também é provocado pela perda de volume,
more » ... a perda de volume, devida ao assoreamento. Este processo, considerado um efeito do desequilíbrio ambiental na bacia, devido à ocupação, é o objeto deste trabalho que aborda a análise do potencial de produção de sedimentos da bacia contribuinte. Neste sentido, foi realizada uma análise comparativa do comportamento das sub-bacias quanto à erosão, à transferência e à produção Palavras-chave: Guarapiranga; Produção de Sedimentos; Assoreamento. de sedimentos, que revelou que as sub-bacias de grande porte constituem as principais fontes de sedimentos do reservatório. Entretanto, suas confi gurações geomorfológicas de atenuação do relevo, das cabeceiras para o reservatório, com a formação de extensas planícies aluvionares até as desembocaduras, favorecem a retenção dos sedimentos, sobretudo os mais grosseiros, permitindo que apenas sedimentos em suspensão possam contribuir para assorear o fundo do reservatório. Dentre estas sub-bacias destaca-se a do Embu Mirim. Por outro lado, embora com taxas de produção menores, as sub-bacias de menor porte, junto ao reservatório, quando ocupadas por áreas urbanas, como a do Guavirutuba, produzem localmente deltas que avançam no reservatório. Este quadro sugere um assoreamento de fundo generalizado, com camadas de sedimentos fi nos, acrescido de deltas de sedimentos mais grossos nas desembocaduras das pequenas sub-bacias ocupadas, junto ao reservatório. Conclui-se que as áreas próximas ao reservatório são as áreas geoambientalmente mais sensíveis à ocupação do solo com respeito ao assoreamento e devem ser objeto prioritário de cuidado do poder público. Abstract: The current water crisis, resulting from the qualitative and quantitative loss of water sources and increased supply needs, highlights the Guarapiranga reservoir, the second largest water supply system of the São Paulo Metropolitan Region, as one of the most critical examples. The problem of stored water degradation in this reservoir is due mainly by sewage contamination, but it's also related with storage volume losses due to siltation. This process, considered an effect of environmental imbalance in the basin due to occupation, is the object of this paper which approach is the analysis of potential sediment yield from tributary basin. In this sense, this work makes a comparative analysis of the behavior of sub-basins related to erosion and sedimentary production and fl ow, which revealed that larger sub-basins are the main sources of reservoir fi lling by sediments. However, the attenuation of the relief gradient from headboards to the reservoir, leading to the formation of extensive alluvial plains, favors the retention of the coarse sediments, allowing only fi ne suspended sediments to accumulate at the bottom of the reservoir. The Embu Mirim river basin stands out among these basins. Moreover, although with lower sedimentary production rates, smaller basins adjacent to the reservoir, when urbanized such as Guavirutuba river basin, locally produce alluvial fans advancing the reservoir. This framework suggests a generalized bottom silting with layers of fi ne sediments overlaid by coarser sediments in the mouths of occupied small sub-basins. In conclusion, in what concerns to land occupation, the areas along the reservoir are the environmentally more sensitive ones in relation to silting, and must be a priority object of government care.
doi:10.20502/rbg.v16i1.605 fatcat:4lamkxl64jfspetnpflnlwd2we