A FORMAÇÃO CONTINUADA DO PROFESSOR PARA A INCLUSÃO E O PLANO EDUCACIONAL INDIVIDUALIZADO: UMA ESTRATÉGIA FORMATIVA?

Annie Gomes REDIG, Cristina Angélica Aquino de Carvalho MASCARO, Flávia Barbosa da Silva DUTRA
2017 Revista diálogos e perspectivas em educação especial (RDPEE)  
os pressupostos da educação inclusiva reafirmaram o direito irrestrito à educação. Mas a permanência física na sala de aula não basta, e para que todos os alunos realmente aprendam é relevante que as necessidades específicas de muitos deles sejam atendidas. E assim, a inclusão exige um trabalho articulado entre docentes da Educação Especial e aqueles que atuam na sala de aula comum. Nesta perspectiva, este ensaio teórico buscou refletir sobre a importância de ressignificar e inovar as formas de
more » ... inovar as formas de ensinar, independentemente, se os alunos possuem ou não alguma necessidade educacional especial. Além disso, a reflexão proposta aqui perpassa a formação docente que valoriza a individualização do processo de ensino-aprendizagem, tão importante para a efetivação das políticas de Educação Inclusiva. Por fim, a discussão evidencia a necessidade de transformação do olhar sobre o que é ensinar e o que é aprender nos dias atuais, considerando que a proposta do trabalho pedagógico com o Plano Educacional Individualizado (PEI) cria uma oportunidade para que a escola e os professores olhem para o seu aluno, percebam suas necessidades e trabalhem objetivando seu desenvolvimento e formação humana.
doi:10.36311/2358-8845.2018.v4n1.04.p33 fatcat:fev4nmhntfepxhjr56utdvs6da