Avaliação dos distúrbios do controle sensório-motor em pessoas com dor cervical mecânica: uma revisão

Felipe José Jandre dos Reis, Bruna Mafra, Daiane Mazza, Giselly Marcato, Monique Ribeiro, Thiago Absalão
2010 Fisioterapia em Movimento  
INTRODUÇÃO: A dor cervical mecânica é problema comum na população em geral e engloba a dor cervical aguda, as lesões em chicote, as disfunções cervicais e a dor cervical-ombro. A limitação da amplitude de movimento, a sensação de aumento da tensão muscular, a cefaleia, a braquialgia, a vertigem e outros sinais e sintomas são manifestações comuns e podem ser agravados por movimentos ou pela manutenção de posturas da coluna cervical. Estudos recentes mostram comprometimento no controle
more » ... controle sensório-motor em pessoas com dor cervical manifestando-se por alterações da cinestesia cervical com dificuldade no reconhecimento da posição da cabeça, do movimento dos olhos e do equilíbrio. OBJETIVOS: Descrever, com base na revisão da literatura, as manifestações e os métodos de avaliação dos distúrbios sensório-motores relacionados à dor cervical mecânica. MÉTODOS: Para a revisão foram utilizadas as bases de dados de literatura científica indexada no período de 1965 a 2009. Considerou-se para a inclusão os artigos que abordassem a dor cervical mecânica e os distúrbios da propriocepção cervical, da coordenação dos movimentos dos olhos e do equilíbrio. Não houve restrição quanto à língua de publicação. O processo de seleção foi realizado por dois examinadores independentes, considerando a evidência científica em ordem decrescente, havendo preferência para as meta-análises e os estudos randomizados controlados. RESULTADOS: Dos 119 artigos encontrados, 69 preenchiam os critérios de inclusão. DISCUSSÃO: A presença de alterações dos músculos e das articulações cervicais, o processo de envelhecimento e a presença de dor cervical são descritos como fatores que alteram o sistema somatossensorial cervical e devem ser considerados também como perpetuantes. CONCLUSÃO: As alterações dos sistemas visual, do equilíbrio e proprioceptivo não podem ser desprezadas e devem ser consideradas durante a avaliação fisioterapêutica dos distúrbios cervicais, visto que existe uma integração entre os sistemas.
doi:10.1590/s0103-51502010000400012 fatcat:uhzdbwrhqfc4jayiq2oz5ueiim