ANÁLISE DA FLUTUAÇÃO DAS POPULAÇÕES DE AEDES AEGYPTI E AEDES ALBOPICTUS EM UMA ESCOLA DE CUIABÁ-MT

Thomas Eduardo Schiffino de Oliveira, Carlo Ralph De Musis
2014 Revista Eletrônica em Gestão Educação e Tecnologia Ambiental  
Resumo O aumento expressivo da população de Cuiabá desencadeou um crescimento desordenado da cidade, acompanhado de uma infraestrutura e saneamento básico deficientes, estabelecendo assim condições favoráveis à proliferação dos vetores da Dengue (Aedes aegypti) e Febre Amarela (Aedes albopictus) na região, sendo esses dotados de grande poder de adaptação aos ambientes habitados pelo homem. Tendo isso em vista, o objetivo deste trabalho foi analisar a influência de fatores microclimáticos na
more » ... roclimáticos na flutuação das populações de mosquitos Aedes aegypti e Aedes albopictus em uma escola da periferia de Cuiabá entre janeiro e agosto de 2012, fazendo uso do modelo diferenciado de armadilha de oviposição (ovitrampa). A coleta dos dados bióticos (número de ovos) foi feita na escola André Avelino Ribeiro em intervalos de quinze dias. Os resultados indicaram que a precipitação foi o único fator microclimático a influenciar a proliferação do vetor da dengue na escola. Foram verificadas diferenças significativas para o número de ovos coletados na estação chuvosa em relação a estação seca. No entanto, observou-se valores expressivos para o número de ovos nesta estação, indicando que mesmo no período de seca a incidência da espécie pode ser elevada. Além disso, os altos índices de densidade de ovos e vetorial, assim como de positividade da ovitrampa observados na escola revelaram que o local configura-se como um polo de proliferação e disseminação da espécie Aedes aegypti. Palavras-chave: Aedes aegypti, bioestatística, ovitrampa, biometeorologia, fatores abióticos. Abstract The expressive increase of the population of Cuiabá unleashed a disorderly growth of the city, accompanied by a deficient infrastructure and basic sanitation, thus establishing favorable conditions for the proliferation of vectors of dengue (Aedes aegypti) and yellow fever (Aedes albopictus) in the region, and these endowed great power of adaptation to environments inhabited by humans. Keeping this in view, the aim of this work was to analyze the influence of microclimatic factors in the fluctuations of the populations of Aedes aegypti and Aedes albopictus in a school of the periphery of Cuiabá between January and August 2012, making use of the differentiated model of oviposition trap (ovitrap). The collection of the biotic data (number of eggs) was made in school André Avelino Ribeiro at intervals of fifteen days and the abiotic data: air temperature, relative humidity and rainfall been obtained by means of weather station of the National Institute for Space Research. The results indicated that precipitation was the only microclimatic factor at influencing the proliferation of the dengue vector in school. Significant differences were found for the number of eggs collected in the rainy season in relation to the dry season. However, it was observed expressive values for the number of eggs in this season, indicating that even in the dry period the incidence of the species may be high. Furthermore, the high indices of egg density and vector, as well as of positivity of the ovitrap observed in school have revealed that the place configures itself as a pole of proliferation and dissemination of specie Aedes aegypti.
doi:10.5902/2236117011118 fatcat:wyxalfnw4fcjlglm7z3mjqear4