Entre o pictórico e o cinematográfico em Chico Liberato

Patrícia Moreira Santos, Milene de Cássia Silveira Gusmão
2019 Brazilian Journal of Development  
RESUMO O presente estudo apresenta os resultados da pesquisa sobre a trajetória de Francisco Liberato de Mattos, mais conhecido como Chico Liberato, artista plástico e cineasta baiano, diretor do primeiro longa-metragem de animação realizado na Bahia em1984, Boi Aruá. No intuito de compreender quais aprendizados sociais e imagens de memória possibilitam uma conexão entre elementos que se estabelecem nas imagens pictóricas estáticas e que, por conseguinte, se perpetuam em suas imagens em
more » ... imagens em movimento, buscou-se interpretar quais interações sociais são recriadas em sua narratividade e plasticidade imagética que puderam indicar permanências na transição de sua expressão estática para o movimento do cinema de animação. O percurso teórico-metodológico está estruturado em um diálogo entre o conceito de memória social de Fentress e Wickham da sociobiografia de Chico Liberato, consoante às considerações de Norbert Elias. Possibilitando o entendimento da complexidade mnêmica que atua nesse processo criador cinematográfico do artista que se estabelece também como traços de resistência. Palavras-chave: Memória, Chico Liberato, imagens , cinema de animação, criação. ABSTRACT This study presents the results of research on the trajectory of Francisco Liberato de Mattos, better known as Chico Liberato, a Bahian plastic artist and filmmaker, director of the first animated feature film produced in Bahia in 1984, Boi Aruá. In order to understand which social learning and memory images enable a connection between elements that are established in static pictorial images and, therefore, perpetuate themselves in their moving images, we sought to interpret which social interactions are recreated in their narrative and imagery plasticity that Brazilian Journal of Development Braz. 22904 could indicate permanences in the transition from its static expression to the movement of animation cinema. The theoretical-methodological course is structured in a dialogue between the concept of social memory of Fentress and Wickham of Chico Liberato's sociobiography, according to Norbert Elias's considerations. Enabling the understanding of the mnemic complexity that acts in this cinematic creative process of the artist who also establishes himself as traces of resistance.
doi:10.34117/bjdv5n11-021 fatcat:clgslizzafevregrcyxzfmn4r4