A Importância da Propaganda Médica para o sucesso da Indústria Farmacêutica e a Diferença que o Propagandista faz para a Classe Médica e seus Pacientes / The Importance of Medical Advertising for the Success of the Pharmaceutical Industry and the Difference that the Advertising Agent makes for the Medical Class and its Patients

Bruno Lima e Santos, Thais Angela Rodrigues dos Santos, Hesler Piedade Caffé Filho
2020 ID on line REVISTA DE PSICOLOGIA  
O referido estudo tem por objetivo, destacar a importância da propaganda médica para o sucesso da indústria farmacêutica, e a diferença que o propagandista faz para a classe médica e seus pacientes. Por ser uma das indústrias mais rentáveis e lucrativas do mundo contemporâneo, as companhias farmacêuticas também sofrem com a alta competitividade, o que leva a busca incessante de profissionais cada vez mais qualificados e assertivos na busca de resultados em curto prazo. A temática justifica-se
more » ... tica justifica-se em razão da importância estratégica dos propagandistas de medicamentos para a indústria farmacêutica, sendo uma das indústrias que mais investem em pesquisa na atualidade, e contribuem para promoção da saúde e qualidade de vida da população. A pesquisa caracteriza-se como qualitativa com delineamento descritivo-exploratório, cujo embasamento se dá através de pesquisa bibliográfica. Utilizou-se a metodologia de análise de conteúdo através dos artigos pesquisados. Os resultados demonstram que a Indústria Farmacêutica utiliza-se do propagandista médico como principal ferramenta de propaganda e estratégia de vendas, assim este profissional necessita de capacitação contínua e deve estar pronto para aceitar e superar os desafios impostos pela concorrência no segmento farmacêutico. Através da visitação a classe médica e farmácias, o propagandista consegue construir uma ponte entre a Indústria Farmacêutica e o paciente, promovendo saúde e bem-estar. Dessa forma, pode-se notar o importante papel desempenhado pelo propagandista e a relevância que este profissional tem para a indústria farmacêutica, para a classe médica e para a população em geral.
doi:10.14295/idonline.v14i50.2500 fatcat:fcjr7zouwba63ihoak5edp5rjm