O desejo na Grécia Helenística

Zeferino Rocha
2000 Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental  
O presente trabalho é a terceira e última parte de uma pesquisa sobre "O desejo na Grécia Antiga". Na primeira parte, reunimos as manifestações do desejo nos poemas épicos, líricos e trágicos, bem como nas máximas dos sete sábios e na doutrina dos filósofos pré-socráticos da Grécia Arcaica. Na segunda, apresentamos o essencial da sistematização teórica que, na Grécia Clássica, Sócrates, Platão e Aristóteles deram a essas primeiras manifestações do desejo. Nesta última parte, depois de lembrar a
more » ... depois de lembrar a origem e as características da cultura helenística, vamos ver o que os epicuristas e os estóicos, no contexto de suas respectivas filosofias, disseram sobre o desejo no Jardim de Epicuro e no Pórtico Antigo de Zenão e Crísipo.
doi:10.1590/1415-47142000002007 fatcat:wn3a42lvb5fa7aua72xovg4ewa