Prevenção de infecção primária de corrente sanguínea associada a cateteres venoso centrais: Uma revisão de literatura integrativa

Tatiana De Souza Bonifácio, Alcione Abreu
2020 Panorama brasileiro de tungstênio (w) entre os anos de 2008 e 2014  
As infecções hospitalares em UTI têm sido um dos grandes problemas no internamento hospitalar, e, nesse contexto, na utilização de cateteres tem-se percebido elevados casos de infecções. O Cateter Venoso Central (CVC) é um dos procedimentos mais utilizados em UTI e sua utilidade tem sido muito importante, uma vez que o paciente em estado crítico tem por infusão a administração de medicação, de nutrição parenteral, de fluidos intravenosos, dentre outros a fim de sua sobrevida. O CVC é um
more » ... O CVC é um procedimento que é aplicado em diversos quadros patológicos e exemplos podem ser explicitados, como são os casos de hemodiálise, problemas cardíacos, dentre outros. Entretanto, o CVC tem sido apontado como a causa de infecções (IPCS) por via da corrente sanguínea do paciente, fato que tem gerado, por parte da ANVISA, normas assépticas a partir de diversos protocolos de ações. Nesse contexto, o Protocolo de Prevenção de Infecção Primária na Corrente Sanguínea do Cateter Venoso Central possui diversas ações a fins da diminuição de infecções que serão discutidas neste estudo.
doi:10.32749/nucleodoconhecimento.com.br/saude/corrente-sanguinea fatcat:3dek7nmbwffdvk4vsevinaspdy