Estudo comparativo in vitro entre biopróteses de pericárdio bovino e porcinas

Domingo M Braile, Moacir Fernandes de Godoy, Dorotéia R. S Souza, Ana Paula M. L Oliveira, João Carlos Leal, Renato B Araujo, Gilberto Goissis
1996 Brazilian Journal of Cardiovascular Surgery  
in vitro entre biopróteses de pericárdio bovino e porcinas. Rev Bras Cir Cardiovasc 1996; 11 (4) : 270-3. RESUMO : A maioria dos implantes valvulares cardíacos realizados no Brasil é representada pelas válvulas de pericárdio bovino, seguidas por próteses porcinas. Na avaliação de válvulas biológicas, deve-se considerar: desempenho hidrodinâmico, resistência à fadiga e processo de calcificação. No presente estudo, foi avaliado o desempenho hidrodinâmico de biopróteses de pericárdio bovino
more » ... árdio bovino (Biopro-PB-Braile Biomédica) comparativamente às válvulas porcinas (Biopro-PP-Braile Biomédica) através do gradiente médio transvalvular. Os testes hidrodinâmicos foram realizados em próteses de diâmetros variando de 19 a 35 mm, submetidas ao Sistema Duplicador de Pulsos Shelhigh (Shelhigh Inc.). O volume de ejeção foi mantido constante em 90 mi , com freqüência de pulso de 60 , 70, 80, 90 e 100 ciclos por minuto, possibilitando fluxos entre 5 e 9 litros por minuto, equivalentes a fluxos contínuos aproximados de 8 a 18 litros por minuto. Houve tendência à diminuição dos gradientes pressóricos à medida em que aumenta o diâmetro externo das próteses. O gradiente pressórico médio encontrado em próteses de pericárdio bovino foi significativamente menor que o de próteses porcinas (p<0,01), para todos os diâmetros estudados. Em vista da grande variabilidade dos protocolos de testes encontrados na literatura, reforça-se a necessidade de testes padronizados para avaliação hidrodinâmica de próteses valvulares, visando comparação adequada entre os diferentes modelos existentes . DESCRITORES: Prótese das valvas cardíacas. Bioprótese. Pericárdio . Pericárdio, bovinos. Pericárdio, suínos . Teste de materiais. Materiais biocompatíveis. INTRODUÇÃO ração, levando à necessidade de reparo valvar ou, eventualmente, sua substituição por prótese biológica ou mecânica. A melhora na qualidade e na duração da vida depende diretamente do desempenho hidrodinâmico do dispositivo empregado. Espera-se que ocorra baixa resistência ao fluxo sangüíneo O perfeito desempenho das valvas cardíacas depende da interação funcional entre parede atrial, cordoalha tendinosa, músculos papilares e parede ventricular. Doenças congênitas, reumáticas, infecciosas e isquêmicas podem prejudicar essa inte-Trabalho realizado em Braile Biomédica, São José do Rio Preto, SP, e Instituto de Química de São Carlos -USP , São Carlos, SP. Brasil. Apresentado ao 23· Congresso Nacional de Cirurgia Cardíaca. Recife. PE. 20 à 23 de março 1996 . • Este trabalho teve apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq/PADCT II , 620. 628. 658/49) e Braile Biomédica . Indústria. Comércio e Representações S/A. Endereço para correspondência : Domingo M. Braile. Av. Juscelino Kubitschek, 3101 . São José do Rio Preto. SP, Brasil. CEP: 15091-450. Fax : [017] 227-3171. 270
doi:10.1590/s0102-76381996000400008 fatcat:u4wb2lx6fbcfheioqzfhrs7jqu