LUCIA MCCARTNEY E A HISTÓRIA LITERÁRIA COMO DISRUPÇÃO

Luiz Antonio Garcia Diniz
2010 Soletras Revista  
Ordem, ordem, o progresso nada vale, mas a ordem é necessária. (Rubem Fonseca, Lucia McCartney)
doi:10.12957/soletras.2010.5167 fatcat:ikklfiz76rcnjlxitsjd2nh6ye