Eduardo Coimbra: Arquitetura, escultura e desastre

Otavio Leonidio
2015 Viso  
O artigo trata da obra recente do artista plástico Eduardo Coimbra, de viés francamente arquitetônico. Para tanto, lança mão do aparato teórico formulado pelo arquiteto e teórico norte-americano Peter Eisenman, em especial suas formulações acerca do que chama de "metafísica da presença".
doi:10.22409/1981-4062/v16i/194 fatcat:bnix2lhli5benegyau5hxc45w4