Agroindústrias familiares, participação e conflitos sócio-ambientais: uma incursão prática

Ezequiel Redin
2011 Século XXI: Revista de Ciências Sociais  
Este trabalho objetiva apresentar uma reflexão crítica sobre uma experiência vivenciada com os agricultores da Quarta Colônia/RS que possuem agroindústrias familiares rurais vinculadas à Rede da Casa. O artigo analisa a experiência que conduz na tentativa de solucionar um problema, ou seja, a adequação dos empreendimentos familiares à legislação. Nesse viés, procura-se pontuar como foi realizada a estratégia de intervenção dos técnicos da universidade. Assim, poder-se-á entender que o problema
more » ... der que o problema ambiental, antes de tudo, era um problema localizado e individual e que o pressuposto que conduzia as ações do grupo de agricultores eram conflituosos, ou seja, os objetivos dos integrantes eram diferentes. Essa experiência de condução participativa, com suas limitações, vem no sentido de entender as concepções do grupo de agricultores que se formou na tentativa de qualificar suas práticas, a fim de buscar em conjunto a legalização. Por ora, percebeu-selimitações tanto do grupo interventor quanto do grupo de agricultores e dos atores sociais envolvidos.
doi:10.5902/223667253142 fatcat:awp5tsmuu5gzbdjsp7kucs6zu4