Avaliação isocinética em pacientes submetidos à artroplastia total de joelho

Marco Kawamura Demange, Gilberto Luis Camanho, Jose Ricardo Pécora, Julia Maria Greve, Adriana Lucia Pastore e Silva, Thiago José Buer Reginato
2009 Acta Ortopédica Brasileira  
OBJETIVOS: Tem-se afirmado que a via de acesso minimamente invasiva na artroplastia total de joelho (ATJ) por não agredir o músculo quadríceps femoral permite reabilitação mais precoce. A fim de verificar a influência da preservação do aparelho extensor no ato cirúrgico, avaliou-se a força da musculatura extensora e flexora do joelho em pacientes submetidos à ATJ por duas vias de acesso diferentes. MATERIAIS E MÉTODOS: Este estudo comparou, no período de janeiro de 2005 a julho de 2006, os
more » ... ho de 2006, os valores de torque máximo e de trabalho total obtidos por dinamometria isocinética aos seis meses de pós-operatório. Foram avaliados 12 indivíduos submetidos a ATJ por via de acesso minimamente invasiva e 8 indivíduos submetidos a ATJ por via de acesso transquadricipital. RESULTADOS: A análise estatística dos valores de torque máximo e de trabalho total absolutos e corrigidos pelo peso corporal não demonstrou diferença entre os dois grupos. CONCLUSÃO: Não há diferença de força da musculatura extensora e flexora do joelho aos seis meses de cirurgia.
doi:10.1590/s1413-78522009000100004 fatcat:sr744q3qn5gvhbd2nok7stm3xm