Comparação das técnicas de facilitação neuromuscular proprioceptiva na função respiratória de indivíduos com doença de Parkinson

Jennifer Heltz Dos Santos, Reni Volmir Dos Santos
2020 Revista FisiSenectus  
Introdução: A Doença de Parkinson (DP) é uma patologia crônica e neurodegenerativa, caracterizada pelo tremor, bradicinesia, rigidez e instabilidade postural, através da progressão da doença, de caráter multifatorial, o sistema respiratório apresenta disfunções. Objetivo: Comparar o efeito imediato da facilitação neuromuscular proprioceptiva (FNP) respiratória e de escápula e pelve na função respiratória de indivíduos com doença de Parkinson. Materiais e métodos: Ensaio clínico randomizado,
more » ... co randomizado, simples cego, realizado na Clínica Escola de Fisioterapia da Universidade Luterana do Brasil-ULBRA/Canoas, com uma amostra de 12 indivíduos, com diagnóstico de Doença de Parkinson. Os mesmos assinaram o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido e foram avaliados através do Miniexame do Estado Mental (MEEM), da escala de Hoehn e Yahr Modificada, capacidade inspiratória, pico de fluxo expiratório e pressões inspiratória e expiratória máximas. Após, foram alocados por sorteio em Grupo A (FNP respiratório) e Grupo B (FNP de escápula e pelve). Resultados: O FNP respiratório se mostrou eficaz nos parâmetros respiratórios avaliados, sendo estatisticamente significativo (p<0,05), assim como o FNP de escápula e pelve para a capacidade inspiratória (p=0,041). Já a comparação entre os dois grupos mostrou que o FNP respiratório foi mais eficaz, apesar de não apresentar significância estatística. Conclusão: As duas técnicas foram eficazes no aumento da capacidade inspiratória, porém a técnica de FNP respiratória mostrou-se efetiva também no aumento do pico de fluxo expiratório e pressões inspiratória e expiratória máximas.
doi:10.22298/rfs.2020.v8.n1.5538 fatcat:rsuz6nay5jeqvj6zs3cmnwzweq