Aderência à prática de exercícios físicos em academias de ginástica

Carla Maria Liz, Tânia Brusque Crocetta, Maick Da Silveira Viana, Ricardo Brandt, Alexandro Andrade
2009 Motriz: Revista de Educacao Fisica  
Resumo: O objetivo do presente artigo é investigar na literatura os principais motivos de aderência e desistência de brasileiros praticantes de exercícios físicos em academias de ginástica. Trata-se de um estudo de revisão de literatura com caráter qualitativo. Utilizou-se os descritores em ciências da saúde considerados relevantes para busca de estudos empíricos nas bases de dados disponíveis no portal de Periódicos da Capes. Dentre os motivos mencionados para a aderência, destacam-se a busca
more » ... estacam-se a busca pela saúde, estética, socialização, melhoria da condição física e bem-estar. A desistência das academias de ginástica pelos praticantes de exercícios físicos foi atribuída à falta de tempo, preguiça, distância que o praticante deverá percorrer do seu trabalho ou da sua casa até a academia e ao alto custo das mensalidades. A identificação e administração destes fatores devem ser consideradas na promoção da atividade física e saúde. Palavras-chave: Aderência. Academias de Ginástica. Motivação. Exercício Físico. Abstract: The aim of this study is to investigate the reasons in the literature of adhesion and dropout of practitioners of physical exercises in fitness centers. This is a study of literature review with qualitative aspect. Using the descriptors in the health sciences to search for empirical studies in the databases available on the portal's regular Capes. Among the reasons mentioned for adhesion, it is the search for health, beauty, socialization, improving the physical condition and well-being. The dropout of fitness centers by practitioners of physical exercises has been attributed to lack of time, laziness, distance that the practitioner should go to their work or their home to the academy and the expensive price expend monthly. The identification and management of these factors should be considered in the promotion of physical activity and health.
doi:10.5016/1980-6574.2010v16n1p181 fatcat:c75fi4ilxjhyrmjuqiiqwqkbo4