APRESENTAÇÃO EDITORIAL

RICARDO OLIVEIRA DOS SANTOS, SERGIO VELOSO DOS SANTOS JUNIOR
2020 CADERNOS DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS  
Na virada da década de 80 para 90 do século passado, as placas tectónicas da ordem geopolítica passaram por um gigantesco realinhamento. Com o fim da União Soviética e a dissolução da ordem bipolar, que dividia o mundo em dois projetos utópicos antagônicos e concorrentes, o planeta todo passou a ser ordenado com base na ideologia dos vencedores. A partir desse momento, emergia o que se convencionou chamar de uma ordem liberal global e o mundo passou a ser reconfigurado para se transformar em um
more » ... e transformar em um grande mercado. Essa virada histórica, rapidamente chamada de "globalização", é também marcada pela emergência de um campo de estudos dedicado à compreensão dos processos de transformação daquele mundo que se apresentava como uma grande novidade. O século XX, das guerras viscerais e infinitas, havia finalmente terminado e uma nova era começava a surgir. Tudo que era sólido parecia estar na iminência de se desmanchar e a ideia da "globalização" passou a ser a epítome dessa grande transformação. Se o século XX foi o século das guerras mundiais, da ameaça comunista e de um possível cataclisma nuclear, o século XXI seria o da globalização do capitalismo como sistema socioprodutivo hegemônico. Rendidas à força inevitável dos modos de acumulação capitalista e seus aparatos tecnológicos, as relações humanasem suas dimensões mais subjetivas e íntimas ou no que diz respeito às interações institucionais e disputas internacionaisseriam todas ajustadas e conformadas à disciplina produtiva do capital. Essa grande transformação global
doi:10.17771/pucrio.cadri.48057 fatcat:cend4nxvnbeblpag6buoey3ivm