Teoria e Prática na Engenharia Civil

José Milton De Araújo
2007 Julho   unpublished
RESUMO: Neste trabalho, apresenta-se uma análise criteriosa do processo aproximado da NBR-6118 para a consideração dos efeitos localizados de segunda ordem nos pilares-parede. O processo simplificado é comparado com a solução exata fornecida pela teoria não-linear de placas. O método dos elementos finitos é empregado na análise estrutural. Nenhum efeito de segunda ordem localizado importante foi encontrado no estudo. Assim, recomenda-se que o processo da norma não seja empregado no projeto dos
more » ... ado no projeto dos pilares-parede. Por último, são feitas recomendações para o dimensionamento das armaduras horizontais dos pilares-parede, com base em resultados experimentais disponíveis. ABSTRACT: In this work, it is made a judicious analysis of the NBR-6118 approximate process for consideration of located second order effects in thin-walled columns. This simplified process is compared with the exact solution supplied by the nonlinear theory of plates. The finite element method is used in the structural analysis. None important located second order effect it was found in the study. For this reason, it is recommended that this simplified process is not used in design. Finally, suggestions are presented for calculation of the horizontal reinforcement of thin-walled columns, with base in available experimental results. 1. INTRODUÇÃO Em um artigo recente [1], foram discutidos os problemas relacionados com a flambagem local dos pilares-parede de concreto armado. Nesse estudo, apresentou-se a teoria da flambagem local e sua aplicação ao projeto dos pilares-parede. Os resultados obtidos com essa formulação foram comparados com resultados experimentais disponíveis, ficando comprovada a validade do modelo teórico. Por último, foi apresentada uma fórmula simples para dimensionamento de pilares-parede de concreto armado, incluindo os efeitos da flambagem local. A NBR-6118 [2], em seu item 18.4.1, denomina de pilares-parede aqueles pilares cuja maior dimensão da seção transversal excede cinco vezes a menor dimensão. Quando o pilar for classificado como pilar-parede, deve-se aplicar o disposto no item 18.5 da referida norma. Por outro lado, o item 18.5 estabelece que no caso dos pilares-parede, além das exigências feitas para os pilares comuns, deve-se atender também o disposto no item 15, em especial o que se refere aos efeitos de segunda ordem localizados. Finalmente, o item 15.9 da NBR-6118 trata dos pilares-parede. De acordo com esse item, os efeitos localizados de segunda ordem nos pilares-parede podem ser desprezados se, para cada uma das lâminas componentes do pilar-parede, forem obedecidas as seguintes condições: a) a base e o topo de cada lâmina devem ser convenientemente fixados às lajes do edifício, que conferem ao todo o efeito de diafragma horizontal; b) a esbeltez i λ de cada lâmina deve ser menor que 35.
fatcat:6pbqzomyzrd5hcqdoczlqx35am