Programa de agentes comunitários de saúde: a percepção de usuários e trabalhadores da saúde

Flávia Mauad Levy, Patrícia Elizabeth de Souza Matos, Nilce Emy Tomita
2004 Cadernos de Saúde Pública  
Valorizar a família e a comunidade em que se insere, além de estimular a sua participação na promoção da saúde e na prevenção das doenças são linhas-eixo da filosofia do PACS (Programa de Agentes Comunitários de Saúde). Este trabalho teve como elemento de estudo as ações desenvolvidas no PACS do Município de Bauru, São Paulo, segundo a percepção dos agentes comunitários de saúde (ACS) e das famílias por eles atendidas. Como ponto de partida para realização deste trabalho, foram entrevistados 22
more » ... am entrevistados 22 agentes e 22 representantes de famílias, selecionadas aleatoriamente segundo a microárea de sua residência. Formaram-se dois grupos focais, a partir do PACS ao qual estavam vinculados agentes e usuários. A análise qualitativa das respostas demonstrou correspondência entre a percepção de ACS e comunidade nos dois grupos focais, que, no entanto, diferiram entre si. Foram observadas realidades distintas, norteando a realização de algumas ações programáticas e o enfrentamento das dificuldades locais.
doi:10.1590/s0102-311x2004000100036 pmid:15029321 fatcat:r7odkqtjqzeived233sakeszfq