Concepções de ser professor e motivos de escolha pela docência em Educação Física

Bárbara Turra, Cátia Silvana da Costa, Fernanda Rossi
2019 Revista Entreideias: Educação, Cultura e Sociedade  
Objetiva-se identificar as concepções de ser professor de estudantes do curso de Licenciatura em Educação Física, compreender a escolha pela profissão docente e as influências das experiências vividas na graduação (tronco comum) nas decisões dos estudantes. A pesquisa, qualitativa, foi desenvolvida em uma Universidade pública do Estado de São Paulo, com vinte graduandos, por intermédio de questionário aberto. Para os participantes, ser professor é ser um agente de transformação; um profissional
more » ... ão; um profissional detentor de conhecimento que se relaciona com os alunos numa perspectiva horizontal. Quanto aos motivos que levaram à escolha do curso de licenciatura em Educação Física, destacaram-se a identificação com a área; a estabilidade e segurança econômica; a influência das experiências na graduação; a relação dos graduandos com os professores e os procedimentos didático-metodológicos adotados no curso; o anseio de ser um agente de transformação e de transmissão do conhecimento; e influências familiares e/ou escolares. Em relação a seguir ou não na carreira de professor quando concluir a graduação, a maioria dos estudantes respondeu positivamente, mas ainda existem alguns com dúvidas. Conclui-se que as concepções de ser professor resultaram, sobretudo, de representações construídas na trajetória de vida dos estudantes e das influências do tronco comum da graduação, que podem contribuir para a manifestação e configuração de suas decisões docentes. Logo, é relevante (re)pensar como essas representações podem ser (des)construídas e (re)construídas no tronco comum dos cursos de licenciatura no intuito de melhor fundamentar o estudante para suas decisões relacionadas à carreira docente.
doi:10.9771/re.v8i3.29626 fatcat:fs4kkkzfxfaejhfjphpjfwd5ii