PERCEPÇÕES DE ESTUDANTES DO ENSINO MÉDIO QUANTO À AUTOMEDICAÇÃO

Isabella Cristine dos Santos, Otavio Marino dos Santos Neto, Vitória Imaculada Soares Uliana, Vinicius Pedrazzi, João Paulo Mardegan Issa
2020 e-Mosaicos  
Esse trabalho teve como objetivo a orientação sobre as consequências do consumo de medicamentos sem a prescrição médica para alunos do Ensino Médio de escolas estaduais do Estado de São Paulo. As palestras foram ministradas com o uso de apresentação de slides, onde haviam diversas imagens sobre os principais medicamentos comercializados, além de orientações e esclarecimentos sobre o tema abordado. Através de um questionário de entrevista guiado foram obtidos dados sobre a automedicação que
more » ... omedicação que foram organizados através de distribuição de frequência das respostas. Os dados encontrados mostraram que o tema é de extrema importância entre os jovens, pois cerca de 75% dos alunos que responderam os questionários já praticaram a automedicação, o que confirma o quanto essa atividade está enraizada na população brasileira. Conclui-se através das aulas ministradas e dos questionários aplicados, que a automedicação é um assunto muito banalizado pela sociedade, em grande parte pela falta de orientação sobre o tema, o que aumenta a relevância de sua inclusão no conteúdo programático do ensino médio.
doi:10.12957/e-mosaicos.2020.47477 fatcat:df2gq2xm5vdaldkzkacyjhwm3u