Os meandros dos processos de conversão. Trajetórias de dois judeus convertidos ao catolicismo no século XIX

Angela Xavier de Brito
2014 REVER - Revista de Estudos da Religião  
O relato biográfico parece ainda ser o método sociológico que permite melhor restituir acomplexidade do real dentro de uma perspectiva histórica, desde que associado à construçãosociológica do campo em que se insere. O presente artigo, baseado em fontes primárias, buscaanalisar as trajetórias de Théodore Ratisbonne e Jacob Libermann, dois judeus convertidos aoCatolicismo no século XIX. Oriundos da mesma região, mas de origens sociais opostas, ambosinterpretam seu itinerário à maneira de todo
more » ... maneira de todo convertido: uma vida prévia insignificante, aintervenção divina que os resgata do erro, a iluminação trazida pela religião, o batismo. No início,ambos adotam a perspectiva do grupo de referência ao qual aspiram pertencer, no intento deadquirir as disposições e os capitais necessários ao enquadramento de sua crença. Mas, aofrequentar meios diferentes, eles vão interpretar de maneira bastante oposta a herança querecebem. Um conformismo estrito à regra e à hierarquia faz de Ratisbonne um ultramontanointegrista; ao passo que Libermann, educado em meio integrista, aspira por nuances, busca pensarpor si mesmo e segue uma linha liberal na condução da congregação que fundou.
doi:10.21724/rever.v14i2.21749 fatcat:c53v3wxltbcrjabqpvehitp5ee