De venenos, escutas e assombrações: caminhos para etnografar o silêncio

Larissa Nadai, Rafael do Nascimento Cesar, Cilmara Veiga
2019 Mana  
Resumo Este ensaio bibliográfico busca lançar luz sobre o caráter produtivo do ato de silenciar, bem como daquilo que se torna dizível por meio de outros expedientes que não a palavra proferida - olhares, gestos, pausas. Para tanto, propomos a leitura articulada de três obras: Life and Words, de Veena Das; Bearing Witness, de Fiona Ross; e Haunting the Korean Diaspora, de Grace Cho. Nossa escolha diz respeito à qualidade expressa pelas três etnografias em elevar o silêncio a um patamar
more » ... um patamar heurístico e, com isso, colocar sob rasura as representações do silêncio como reino do incognoscível, da falta ou da ausência de linguagem. Ao recompor tais imagens e figurações, temos por intuito destacar outras modalidades e caminhos para etnografar o silêncio que sirvam de inspiração a pesquisas cujos campos empíricos exijam atenção tanto às palavras ditas quanto aos meandros pelos quais se escolhe ativamente calar.
doi:10.1590/1678-49442019v25n3p837 fatcat:s7pkpnvebrhk7p5yh7qgcgcpli