Variabilidade das perdas de solo em Neossolo Quartzarênico sob diferentes coberturas no ecótono Cerrado-Amazônia

Nayara Martins Alencar, Antonio Clementino dos Santos, Joaquim José De Paula Neto, Marcos Odilon Dias Rodrigues, Leonardo Bernardes Taverny de Oliveira
2019 Agrarian  
A perda de solo por agentes erosivos é um dos maiores problemas da agricultura mundial, sobretudo em solos de textura arenosa, como os Neossolos. Dessa forma, objetivou-se avaliar a variabilidade da erosão em Neossolo Quartzarênico dos atributos físicos em duas áreas, sendo uma de mata secundária e outra de pastagem. Foram realizadas as amostragens de solo e o georreferenciamento nas duas áreas, com 45 pontos cada, em malha regular de 25x25 metros. Foram realizadas análises de matéria orgânica,
more » ... e matéria orgânica, areia grossa, areia fina, silte e argila, para estimativa das perdas e erodibilidade do solo. Através das estimativas pela equação universal da perda de solo, foi possível visualizar por meio da geoestatística a distribuição espacial dos atributos físicos que determinam os processos de erosão. As áreas ocupadas por pastagens apresentaram maior variabilidade sobre os fatores que determinam a perda de solo, como areia grossa e areia fina que constituem a maior parte dos componentes do solo. Como foi evidenciado pelos resultados das tabelas e dos mapas de isolinhas, fica claro que a substituição da área de mata nativa pela de pastagens cultivada, não aumentou a variabilidade aleatória dos atributos, com exceção para a variável areia total, e ocorreu aumento na variabilidade espacial apenas para as perdas de solo.
doi:10.30612/agrarian.v12i43.8081 fatcat:5dkrdrervje5hm74l4dvg5ycfa