DESENVOLVIMENTO DE PRODUTO ECOLÓGICO NA ÁREA DE METALURGIA EXTRATIVA COMO COMPONENTE DA CARGA DE ALTO-FORNO

Cyntia Esposti Veloso Machado, André Luís de Brito Baptista, Julia Cardoso Landim, Ingrid Ferreira Coutinho, Roberto De Oliveira Magnago
2020 Revista UniVap  
O presente trabalho destaca a aquisição de pelotas autofundantes na forma de briquetes consolidados a frio, utilizando para isto uma mistura fina de minério de ferro e manganês, CaO, CaCO3, dolomita, carvão e coque, aglomerados com escória de processo da refinação de aço de Tipo MRPL (Processo de Refino de Metal por Lance) como matéria-prima. Os resultados indicam que é possível produzir um aglomerado, com todos os resíduos gerados nas siderúrgicas integradas, pressionando e sujeitos a cura
more » ... sujeitos a cura natural sem umidificação; A escória pode ser usada como um aglutinante, levando o briquete para apresentar uma resistência à compressão acima de 160 MPa, de acordo com os métodos ASTM C496 e ABNT 7222. Essa resistência é comparável ao valor do pellet e coque queimados. Essa qualidade permite ser carregada em um alto-forno grande e em outros equipamentos similares. Conclui-se que a briquetagem utilizando como ligante a escória de aço, permite atingir uma mistura de finos descartados.
doi:10.18066/revistaunivap.v26i51.2462 fatcat:w2qrmrjwkvdl5koxxyz5glfxrm