A Parábola como instrumento linguístico mediador na pedagogia de Jesus acerca do Reino

João Carlos Domingues Dos Santos Rodriguez
2019 Entretextos  
Este artigo tem por objetivo promover uma aproximação entre a prática pedagogia de Jesus, empregada em seu fazer teológico, especialmente nas 'Parábolas do Reino', e o Interacionismo Sociodiscursivo (ISD) proposto por Bronckart. Partindo do pressuposto vygotiskyano da linguagem como ordenadora do real e baktiniano, dos gêneros textuais como enunciados relativamente estáveis por meio dos quais interagimos com o mundo, podemos lançar nosso olhar para a atividade linguageira de Jesus como uma ação
more » ... Jesus como uma ação singular pela qual a tomada de consciência não é a descoberta de um objeto mental inacessível, mas a redescoberta, a recriação desse objeto psíquico em um novo contexto. A utilização de um gênero textual bastante presente na vida religiosa judaica (a parábola) para transmitir a notícia do Reino, compõem o cenário de produção e o enredo das quatro parábolas que analisaremos. As 'Parábolas do Reino', presentes no Evangelho segundo Marcos, serão nosso corpus de investigação a partir dos conceitos de atividade de linguagem, texto e discurso apresentados na obra de Bronckart (1999). Pretendemos, ao final deste artigo, promover uma aproximação entre o ISD e os Estudos Bíblicos, até então desconhecido a nós, ampliando não apenas a compreensão acerca do agir pedagógicos de Jesus, mas abrindo espaço para que esse mesmo agir possa se manter eficaz por todos aqueles que pretendem trilhar os passos de Jesus e ser seus imitadores.
doi:10.5433/1519-5392.2019v19n1p143 fatcat:kmdisekno5ehfeeekmagdlubzq