A criança diante de procedimentos hospitalares: estratégias utilizadas por equipes de saúde – revisão integrativa

Nathalia Yumi Takaoka, Daniellle Abdel Massih Pio
2019 Revista Psicologia, Diversidade e Saúde  
Introdução: A hospitalização engloba um período de vivências negativas no cotidiano da criança, com valor significativo e repercussões no âmbito social e afetivo. Um dos eventos vividos pela criança durante o período hospitalar vem a ser quando a mesma se depara com a necessidade de ser submetida à intervenções. Objetivos: Identificar estudos que apresentem estratégias utilizadas por equipes de saúde que minimizem o desconforto emocional de crianças hospitalizadas, submetidas a procedimentos
more » ... a procedimentos invasivos. Método: Trata-se de uma revisão integrativa da literatura, em que foram selecionados 14 artigos científicos, disponíveis, delimitados entre 2002 a 2016. Resultados: Os estudos salientam os benefícios em se preparar as crianças hospitalizadas para procedimentos, minimizando os efeitos negativos da hospitalização. Evidenciam-se produções em maior número das áreas de enfermagem e psicologia, destacando-se a estratégia do Brinquedo Terapêutico Instrucional (BTI). Conclusão: Faz-se necessário, o estabelecimento de programas de preparo para procedimentos de rotina e cirúrgicos nos hospitais pediátricos, além de maior engajamento dos profissionais de saúde em estudos sobre o tema, a fim de que se possa subsidiar as equipes e propiciar às crianças oportunidade de compreensão e elaboração acerca desta experiência.
doi:10.17267/2317-3394rpds.v8i3.2353 fatcat:o73gvz5bfnbynoucfps5f2yjfm