Elevação da margem profunda: uma possibilidade restauradora a ser considerada

Alessa Cunha Langoni, Gabriela Cristina Tavares Araújo Almeida, Isabelly Bárbara de Oliveira Mota, Lia Dietrich, Fernando Nascimento, Henrique Cury Viana
2020 Research, Society and Development  
O presente trabalho trata-se de um relato de caso clínico de um paciente que apresentava o dente 16 com elevado grau de destruição e parede distal a nível subgengival. Diante disso, a pesquisa visa facilitar o entendimento da técnica Deep Margin Elevation (DME) e divulgá-la aos graduandos e profissionais da área odontológica. A elevação da margem gengival consiste em uma técnica de caráter simples e eficaz, na qual são dispensáveis etapas cirúrgicas para estabelecimento da manutenção e
more » ... nutenção e preservação do periodonto. A técnica permite a elevação da margem subgengival, devendo haver 3 mm de estrutura dentária íntegra acima da crista alveolar, respeitando-se, dessa forma, a dimensão do epitélio juncional e a inserção conjuntiva. A DME deve seguir um protocolo, levando-se em conta o processo de seleção de materiais, o qual deve ser feito corretamente para que se mantenha a homeostasia da região e a confecção de restauração bem adaptada e polida. Conclui-se, diante das pesquisas realizadas por meio do presente estudo, que a DME é uma técnica muito útil no tratamento de destruições a nível subgengival, evitando, em determinados casos, a ocorrência de procedimentos invasivos, e proporcionando, dessa forma, a preservação da estrutura dentária. O presente trabalho tem como principal objetivo demostrar a técnica DME, através do relato de um caso clínico, a fim de facilitar o entendimento sobre o assunto e contribuir para que discentes e profissionais da área odontológica consigam reproduzir a técnica em seu dia a dia clínico.
doi:10.33448/rsd-v9i11.9863 fatcat:oktkg4b72nad5ij5omcqfpd4hm