Uso do método INSURE versus CPAP nasal isolado em recém-nascidos de muito baixo peso com 30 ou menos semanas de gestação

Ana Saianda, Ricardo M. Fernandes, Joana Saldanha
2010 Revista Portuguesa de Pneumologia  
Resumo Introdução: Pretende -se determinar se a utilização do método INSURE em recém -nascidos de muito baixo peso, com idade gestacional (IG) ≤ 30 semanas se associa a menor morbilidade e mortalidade quando comparado com uso de nCPAP isolado. Métodos: Estudo de coorte retrospectiva dos RNMBP nascidos num hospital de apoio perinatal diferenciado entre Janeiro/2002--Agosto/2008. Incluíram -se as crianças registadas na Vermont -Oxford Network com IG ≤30semanas e com uso de nCPAP logo após o
more » ... P logo após o nascimento (N=96). Abstract Background: Evidence suggests the INSURE strategy (INtubate-SURfactant administration and Extubate to nasal continuous positive airway pressure [nCPAP]) is superior to mechanical ventilation (MV) with rescue surfactant for the management of respiratory distress syndrome (RDS) in very low birth weight (VLBW) neonates. There is limited data, however, to assess whether INSURE is superior to nCPAP alone. We aimed to compare these two strategies regarding early and late outcomes. Methods: Retrospective cohort Uso do método INSURE versus CPAP nasal isolado em recém -nascidos de muito baixo peso com 30 ou menos semanas de gestação Early nasal continuous positive airway pressure versus INSURE in VLBW neonates Recebido para publicação/
doi:10.1016/s0873-2159(15)30071-4 pmid:20927494 fatcat:cbugxi7zwjc6phjso7lv3sp6ii