DONATION OF ORGANS AND TISSUES FOR TRANSPLANTS: KNOWLEDGE, ATTITUDE AND PRACTICE

Angela Beatriz de Castro Lima, Lorena Barros Furieri, Bruno Henrique Fiorin, Walckiria Garcia Romero, Eliane de Fátima Almeida Lima, Andressa Bolsoni Lopes, Mirian Fioresi
2020 REME: Revista Mineira de Enfermagem  
Lopes AB, Fioresi M. Doação de órgãos e tecidos para transplantes: conhecimento, atitude e prática. REME -Rev Min Enferm. 2020[citado em ____ ___ __];24:e-1309. Disponível em: ______________________ RESUMO Objetivo: avaliar o conhecimento, atitude e prática de integrantes de comissões intra-hospitalares de doação de órgãos e tecidos para transplantes quanto ao processo de doação de órgãos e tecidos para transplantes. Método: estudo avaliativo, quantitativo, com aplicação de questionário
more » ... uestionário conhecimento, atitude e prática (CAP) a 34 profissionais de saúde em 2017. Resultados: constatou-se mais adequabilidade dos profissionais quanto à atitude e menos quanto ao conhecimento. Profissionais com especialização na área e os que se sentem preparados obtiveram maiores escores de conhecimento e prática; aqueles com duplo vínculo empregatício apresentaram menores escores de atitude; aqueles com formação para atuar na comissão e os que não tinham empecilhos para a condução do processo alcançaram pontuações superiores de prática. Os escores conhecimento e prática apresentaram correlação positiva moderada. Conclusão: evidenciou-se déficit dos profissionais quanto ao domínio conhecimento do processo de doação e captação de órgãos para transplantes. Objective: to assess the knowledge, attitude and practice of members of intrahospital organ and tissue donation commissions for transplants regarding the process of organ and tissue donation for transplants. Method: an evaluative, quantitative study, with the application of a questionnaire on knowledge, attitude and practice (CAP) to 34 health professionals in 2017. Results: it was found that the professionals were more adequate in terms of attitude and less in terms of knowledge. Professionals with specialization in the area and those who feel prepared obtained higher scores of knowledge and practice; those with double employment had lower attitude scores; those trained to serve on the commission and those who had no obstacles to conducting the process achieved higher scores for practice. The knowledge and practice scores showed a moderate positive correlation. Conclusion: there was a deficit of professionals regarding the knowledge domain of the donation and collection of organs for transplantation.
doi:10.5935/1415-2762.20200046 fatcat:74pveewglbagvfuegho76oww5y