CAPACIDADE FUNCIONAL EM INDIVÍDUOS COM DOENÇA PULMONAR OBSTRUTIVA CRÔNICA EM UMA CIDADE DO ALTO PARANAÍBA-MG

Heuler dos Reis Rodrigues, Faculdade Patos de Minas, Núbia de Fátima Almeida Silva, Hugo Christiano Soares Melo, Mariane Fernandes Ribeiro, Carla Cristina Ferreira de Andrade
2019 Psicologia e Saúde em Debate  
RESUMO A doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) é uma doença de alta morbimortalidade mundial. È uma doença crônica, progressiva e irreversível caracterizada por limitações ao fluxo aéreo e tosses hipersecretoras. Todos os sinais e sintomas da DPOC acarretam diretamente na capacidade física e funcional dos indivíduos que tem por diagnostico a DPOC. É comum nos indivíduos acometidos pela doença apresentarem perdas e redução progressiva da capacidade física, bem como da capacidade funcional,
more » ... cidade funcional, interferindo diretamente na qualidade de vida dos mesmos. O objetivo deste estudo foi avaliar, por meio do teste de caminhada de seis minutos (TC6min), a capacidade funcional dos portadores da DPOC do Alto Paranaíba. Foram selecionados 08 indivíduos com diagnóstico de DPOC classe GOLD III e GOLDIV de ambos os sexos, com idade média de 67,75±10,02 anos, submetidos à avaliação inicial e convidados a participar do TC6min. Durante a realização do teste, foram analisados quanto as variáveis de Pressão Arterial Sistólica (PA), Pressão Arterial Diastólica (PAD), Saturação Periférica de Oxigênio (SpO²), Frequência Cardíaca (FC), Distância Percorrida durante o TC6min, Escala Subjetiva de Sensação do Nível de Dispnéia BORG CR 10 modificada. Evidenciou-se correlações positivas estatisticamente significativas (p < 0,05) das variáveis SpO², FC, FR, PAS, BORG CR-10 e distância percorrida em metros em relação ao TC6min. Não havendo diferença estatística, apenas para a variável PAD. Conclui-se que, quanto maior a limitação ao fluxo aéreo, menor a tolerância ao esforço físico pelo paciente. Assim, o TC6min torna-se uma ferramenta importante para avaliar a capacidade funcional do DPOC. Palavras-chave: Fisioterapia; Pneumopatias; Teste de Caminhada. 1 Endereço eletrônico de contato: ABSTRACT Chronic obstructive pulmonary disease (COPD) is a worldwide disease of morbidity and mortality. It is a chronic, progressive and irreversible disease characterized by airflow changes and hypersecretory releases. All signs and symptoms of COPD directly affect the physical and functional capacity of individuals diagnosed with COPD. It is common in individuals affected by the disease who are shown to progressively reduce and reduce physical capacity and functional capacity, directly interfering with their quality of life. The aim of this study was to evaluate, by means of the six-minute walk test (6MWT), the functional capacity of patients with COPD in Alto Paranaíba. Eight individuals with COPD class GOLD III and GOLDIV of both sexes were selected, with a mean age of 67.75 ± 10.02 years, submitted to the initial evaluation and participants of the 6MWT. During the test, we analyzed the variations in systolic blood pressure (BP), diastolic blood pressure (DBP), peripheral oxygen saturation (SpO²), heart rate (HR), distance covered during the 6MWT, Subjective Sensing Scale. Dyspnea level BORG CR 10 modified. Statistically significant positive correlations (p <0.05) of the variables SpO², HR, FR, SBP, BORG CR-10 and distance covered in meters in relation to the 6MWT were evidenced. There is no statistical difference, only for a PAD variable. In conclusion, the greater the airflow limitation, the lower the patient's tolerance to physical exertion. Thus, the 6MWT becomes an important tool for assessing the functional capacity of COPD. Keywords: Physiotherapy. Functional Training Test. COPD.
doi:10.22289/2446-922x.v5n2a5 fatcat:s2jqswm3zjb3jgjittfyl5g33q