Reflexões mais que pertinentes

Marcelo Paula de Melo
2006 Educação em Revista  
A for mação social capitalista tem passado por intensas transformações das mais variadas naturezas nos últimos 30 anos. Tanto no plano da produção material da existência, quanto na dimensão subjetiva da apreensão das contradições e dinâmicas dessas mudanças, pode-se dizer que a atual fase do capitalismo apresenta-se de maneira absolutamente diferente de sua fase anterior. Sem deixar de assentar-se na expropriação do trabalho socialmente produzido, bem como na privatização dos mecanismos e
more » ... mecanismos e aparelhos de decisão coletiva de organização da sociedade, a natureza e a forma de tais processos são fruto das lutas políticas e correlação de forças entre as classes e frações de classe sociais na consecução de seus projetos societários. Tendo isso como elemento balizador, a historiadora Virgínia Fontes nos lega um livro de grande relevância para o conjunto de pesquisadores das áreas de ciências humanas. Reflexões Im-pertinentes: história e capitalismo contemporâneo reúne alguns artigos publicados em periódicos nacionais e internacionais a partir do fim dos anos 1990. Como está expresso logo na apresentação, a autora dedica sua atenção a três temáticas principais: os rumos e os desdobramentos do capitalismo contemporâneo; as formas da política, com ênfase na relação entre o processo histórico e alguns aspectos da subjetividade que cada período contribui para formatar, compondo uma certa forma de ser no mundo e, finalmente, uma permanente interrogação sobre o caso brasileiro (p. 9). Ao eleger essas temáticas como objeto de suas preocupações, Virginia Fontes o faz a partir de uma leitura muito própria e qualificada do marxismo. Tendo como principal interlocutor Antonio Gramsci, Fontes não procura esconder-se nas categorias e formulações de suas referências.
doi:10.1590/s0102-46982006000200014 fatcat:xu7bpqhrmzhgnivqhksr3we46i