Produção de conhecimento interdisciplinar: um modelo conceitual de colaboração científica no Programa de Pró-Graduação em Ciência, Tecnologia e Sociedade da UFSCar

Rodrigo Justulin de Faria, Luzia Sigoli Costa
2020 AtoZ: Novas Práticas em Informação e Conhecimento  
Introdução: as pessoas, ao receberem informações relevantes, são capazes de utilizá-las em suas tomadas de decisões, tornam-se mais flexíveis e conseguem visualizar caminhos antes não explorados, projetando, assim, novos horizontes. Nas empresas, a Gestão do Conhecimento, mais do que o fazer das pessoas, envolve seus conhecimentos e habilidades. As organizações dependem de como as pessoas utilizam seus conhecimentos para abordar novos assuntos e tendências de forma coletiva em seus ambientes de
more » ... m seus ambientes de trabalho. Objetivo: o objetivo geral desta pesquisa é propor um modelo conceitual de colaboração científica que possa evidenciar de que forma se estabeleceu ou não a interdisciplinaridade ao longo dos dez anos de desenvolvimento das pesquisas no Programa de Pós-Graduação em Ciência, Tecnologia e Sociedade da Universidade Federal de São Carlos. Metodologia: a pesquisa tem um caráter exploratório, numa abordagem quali-quantitativa, compreendendo as seguintes etapas de pesquisa bibliográfica e documental; coleta de dados empíricos, referente aos docentes e discentes do PPGCTS e tratamento dos dados com o auxílio do VantagePoint; e análise dos dados empíricos à luz das teorias e conceitos de interdisciplinaridade e colaboração científica. Resultados: os resultados obtidos evidenciam interações, associando o capital intelectual individual de cada membro do Programa e, com isso, fomenta novas ideias e soluções, dando maior visibilidade para a produção científica colaborativa do Programa, tornando-o melhor posicionado no cenário educacional brasileiro. Conclusão: a construção de um modelo conceitual de colaboração científica para a produção de conhecimento interdisciplinar permite não só contribuir para melhor explicitar a trajetória da produção científica do Programa até este presente momento, como, principalmente, reunir subsídios para projetar o seu futuro numa perspectiva da geração de um conhecimento colaborativo e, consequentemente, interdisciplinar.
doi:10.5380/atoz.v9i2.67414 fatcat:c5yniumwc5cdnnaxco3bvruuxy