Avaliação radiológica e funcional dos pacientes com fratura da coluna cervical subaxial

Fabiano Ricardo de Tavares Canto, Paulo Roberto Santos Neto, Ilton José Carrilho de Castro, Roberto Sérgio de Tavares Canto, Hector Abreu dos Santos, Marcus Vinicius Martins do Nascimento
2009 Coluna/Columna  
OBJETIVO: Avaliar 17 pacientes portadores de fratura luxação da coluna cervical (C3 a C7), que foram tratados em um período de dois anos. Os pacientes foram avaliados com parâmetros radiológicos, clínicos e funcionais. MÉTODOS: A indicação do tratamento utilizado em cada paciente foi baseada em seu quadro clínico e neurológico. Todos os pacientes foram tratados pela mesma técnica cirúrgica. O seguimento pós-operatório mínimo foi de seis meses. RESULTADOS: Dez pacientes não apresentavam nenhum
more » ... resentavam nenhum comprometimento neurológico e sete pacientes apresentavam algum grau de acometimento neurológico. Na avaliação radiográfica do seguimento ambulatorial, todos os pacientes apresentaram sinais de consolidação da artrodese. Todos ficaram relacionados entre os níveis excelente e regular, de acordo com os critérios de Odom. Treze pacientes apresentaram 20% de limitação pelo questionário Neck Pain Disability Index. Encontrou-se uma complicação de falha no implante para artrodese anterior com um ano e meio de evolução. CONCLUSÃO: O tratamento da fratura-luxação da coluna cervical iniciado o mais rápido possível, pela técnica de descompressão do nível lesado e redução aberta cirúrgica anterior, é um método efetivo, com menor morbidade e com um baixo grau de complicações.
doi:10.1590/s1808-18512009000400006 fatcat:l7zyoel3mff7tkg5psidzmdb2u