Influência dos parâmetros funcionais respiratórios na qualidade de vida de pacientes com DPOC

Eanes Delgado Barros Pereira, Renata Pinto, Marcelo Alcantara, Marta Medeiros, Rosa Maria Salani Mota
2009 Jornal Brasileiro de Pneumologia  
OBJETIVO: Avaliar a qualidade de vida dos pacientes com DPOC através dos questionários Medical Outcomes Study 36-item Short-Form Health Survey (SF-36) e Saint George's Respiratory Questionnaire (SGRQ), correlacionando-os com parâmetros funcionais respiratórios. MÉTODOS: Este foi um estudo transversal com 42 pacientes com DPOC. Foram utilizados um questionário específico (SGRQ) e um questionário geral (SF-36) e seus componentes sumarizados para a determinação da qualidade de vida desses
more » ... ida desses pacientes. O quadro funcional foi avaliado pela espirometria, gasometria arterial e teste da caminhada de seis minutos. RESULTADOS: Dos 42 pacientes, 30 (71,4%) eram do sexo masculino e 12 (28,6%) do sexo feminino. A média de idade foi de 65,4 ± 8,0 anos. O escore médio dos componentes físico e mental sumarizados foi 37,05 ± 11,19 e 45,61 ± 15,65, respectivamente. O componente físico sumarizado correlacionou-se significativamente com o valor médio do VEF1 em L/s (r = 0,38; p = 0,012). O escore total do SGRQ correlacionou-se com o VEF1 (r = -0,50; p < 0,01). O domínio atividade do SGRQ apresentou correlações negativas com todos os parâmetros funcionais. A análise de regressão múltipla mostrou que somente o VEF1 associou-se significativamente com o escore total do SGRQ, assim como com o escore do domínio atividade (r = -0,32; p = 0,04 e r = -0,34; p = 0,03, respectivamente). CONCLUSÕES: Em pacientes portadores de DPOC, o declínio do VEF1 está associado a uma pior qualidade de vida avaliada pelo SGRQ.
doi:10.1590/s1806-37132009000800003 pmid:19750324 fatcat:f2d3sryfljahvcncvtampw4aiq