EM DEFESA DE UM CORPO-POTÊNCIA: NOTAS SOBRE EDUCAÇÃO E POLÍTICA

Ana Paula Parise Malavolta, Fernanda Monteiro Rigue, Camilla Baldicera Biazus
2020 Revista Interinstitucional Artes de Educar  
O presente texto é um convite para pensar possíveis percepções e enunciações sobre o corpo no campo da educação. Para tanto, nos aproximamos os escritos de Michel Foucault (1989), Gilles Deleuze e Félix Guattari (1995), Giorgio Agamben (2014 - 2017) e Baruch de Espinosa (1998) para construir um pensamento que nos permita atentar para uma vivência da corporeidade no contexto escolar, além das fronteiras da escola tradicionalmente estabelecida. A partir da potência política da costura, damos
more » ... costura, damos ênfase à Pedagogia crítico-performativa e às oficinas desenvolvidas pelo NAT, para alargar o leque de possibilidades de agenciamentos sobre o corpo no espaço educacional. Propomos, ao fim, problematizações que se apresentam por olhares outros em defesa de um corpo-potência, atentando para suas dimensões poéticas e performativas.
doi:10.12957/riae.2020.45318 fatcat:u5zjeotclbfzvdbrugyhuhsbwm