Eternamente estrangeiros: judeus na Inglaterra do século XI no romance de Walter Scott

Ethel Mizrahy Cuperschmid
2010 Arquivo Maaravi: Revista Digital de Estudos Judaicos da UFMG  
O presente artigo discute a representação de personagens judeus do romance histórico Ivanhoé, de Walter Scott. Durante a Idade Média, a comunidade judaica na Inglaterra estava sob a proteção de nobres e também à mercê de taxações arbitrárias, bem como de leis discriminatórias. Até que ponto a obra de Walter Scott contribui para desvendar esse universo da diáspora? Sua narrativa reforça estereótipos ou apenas ilustra ficcionalmente uma realidade onde as diferenças eram sistematicamente marcadas?
doi:10.17851/1982-3053.4.7.18-26 fatcat:dztqdtts6nhpzamm4q4sm2ar3i