Utilização de redes neurais artificiais para avaliação de produtividade do solo, visando classificação de terras para irrigação

Luciana C. Bucene, Luiz H. A. Rodrigues
2004 Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental - Agriambi  
Objetivando classificar terras para irrigação, faz-se necessário analisar e determinar alguns parâmetros, entre eles a produtividade do solo. A classificação de produtividade (comumente chamada fertilidade aparente) é delimitada em cinco classes: muito alta, alta, média, baixa e muito baixa, e em cada classe é preciso avaliar certos atributos do solo, como pH, CTC (capacidade de troca de cátions), V% (índice de saturação por bases), P (fósforo), Mg (magnésio) e K (potássio). Neste trabalho,
more » ... Neste trabalho, objetivou-se identificar a produtividade na qual atributos do solo, da parte inicial da microbacia hidrográfica do Rio Pardo, localizada em Pardinho, SP, foram analisados e classificados nas classes que a delimitam, através de Redes Neurais Artificiais (RNAs) utilizandose Perceptron Múltiplas Camadas (Multilayers Perceptrons - MLP) com o algoritmo de treinamento "backpropagation"- classificador de padrões, obtendo-se um número ótimo de camadas intermediárias e de neurônios; resultando na classificação de produtividade, a situação ótima da rede obteve 78% dos resultados iguais aos desejados, com duas camadas de neurônios, uma das quais intermediária, com 5 neurônios, e uma camada de saída.
doi:10.1590/s1415-43662004000200025 fatcat:zjafx7mfuzc5vhiqxvzgxfkvfq