Seletividade de herbicidas aplicados em pré e pós-emergência do adubo verde perene Arachis pintoi

Francisco José Severino, Pedro J. Christoffoleti
2001 Revista Brasileira de Herbicidas  
Com o objetivo de avaliar a produção de biomassa seca e toxicidade de herbicidas ao adubo verde perene amendoim forrageiro (Arachis pintoi), quando submetido a pulverizações de herbicidas aplicados em pré e pós-emergência, foram instalados dois experimentos, em casa de vegetação, na Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz", Universidade de São Paulo, Departamento de Produção Vegetal, Piracicaba, SP. Os experimentos foram conduzidos em blocos casualizados com quatro repetições. Os
more » ... petições. Os herbicidas aplicados em pré-emergência foram: trifluralin (1,35 kg/ha), diuron (1,5 kg/ha), oxyfluorfen (0,6 kg/ha), atrazine (2,0 kg/ha) e metolachlor (2,88 kg/ha). Os herbicidas aplicados em pós-emergência foram: fluazifop-p-butil (0,25 kg/ha), MSMA (1,92 kg/ha), glyphosate (0,72 kg/ha), glufosinato de amônio (0,4 kg/ha) e sulfosate (0,96 kg/ha). As avaliações foram realizadas aos 30, 45, 60 e 75 dias após a aplicação, para os herbicidas em pré-emergência, e aos 7, 14, 21 e 28 dias após a aplicação em pós-emergência. Os resultados permitiram concluir que os herbicidas atrazine, glyphosate, glufosinato de amônio e sulfosate, nas doses aplicadas, não devem ser recomendados, enquanto que os herbicidas trifluralin, oxyflurfen e metolachlor podem ser recomendados com restrições e os herbicidas diuron, fluazifop-p-butil e MSMA podem ser indicados nas doses estudadas. Conclui-se ainda que os herbicidas aplicados em pré-emergência, de forma geral, causaram menor toxicidade e, conseqüentemente, propiciaram menor redução na produção de biomassa seca do Arachis pinto i, do que os herbicidas aplicados em pós-emergência. Palavras chave: toxicidade, biomassa, amendoim-forrageiro. ABSTRACT Selectivity of herbicides applied in pre and postemergence of perennial peanut (A rachis pintoi) Two experiments were installed under greenhouse conditions at Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz", Piracicaba -SP, Brazil, in order to evaluate the dry biomass production and toxicity due to pre and postemergence herbicides on the perennial cover crop Arachis pintoi. The experiment was conducted in randomized complete blocks with four replicates. The herbicides sprayed in preemergence conditions (one experiment) were trifluralin at 0.25 kg/ha, diuron at 1.5 kgi ha, oxyfluorfen at 0.6 kg/ha, atrazine at 2.0 kg/ha, metolachlor at 2.88 kg/ha, and a control plot without herbicide applica-Revista Brasileira de Herbicidas, v.2, n.l, 200 I.
doi:10.7824/rbh.v2i1-2.346 fatcat:cc646jpb5jg6xj7fvjpjsmhone