Operacionalização do Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional (SISVAN) no município de Balneário Piçarras: relato de experiência

Éllen Luzia Soares, Tatiana Mezadri, Petiane Nunes
2017 Revista Brasileira em Promoção da Saúde  
Operacionalização do SISVAN em Piçarras Rev Bras Promoç Saúde, Fortaleza, 30(2): 283-287, abr./jun., 2017 283 Operacionalização do SISVAN em Piçarras Este artigo publicado em acesso aberto (Open Access) sob a licença Creative Commons, que permite uso, distribuição e reprodução em qualquer meio, sem restrições, desde que o trabalho seja corretamente citado. Secretaria de Saúde do Município Balneário Piçarras -Balneário Piçarras (SC) -Brasil RESUMO Objetivo: Relatar a experiência de capacitação
more » ... ia de capacitação dos profi ssionais das equipes de Estratégia Saúde da Família (ESF) da cidade de Balneário Piçarras/SC como estratégia para operacionalizar o SISVAN. Síntese dos dados: Participaram do estudo 67 profi ssionais das sete equipes de ESF do município, no período de abril a setembro de 2016. Foram realizados dois encontros, um para identifi cação das difi culdades de implementação do sistema (em que se encontraram os seguintes obstáculos: a multiplicidade de atividades falta de formulários impressos e balanças antropométricas em más condições de uso) e início da capacitação (abordando a importância do SISVAN); e outro para orientar quanto à completude dos formulários e a digitação dos dados no programa. Conclusão: Ao fi nal, observou-se o interesse dos profi ssionais em tornar o SISVAN ativo. Ainda foi relatada pelos participantes a importância da inserção do profi ssional de nutrição nas equipes de ESF, colaborando nas atividades referentes à educação alimentar e nutricional, bem como nas orientações e intervenções necessárias à situação alimentar e nutricional da população. Finalizada a capacitação, constatou-se, por meio do sistema, o registro de dados do SISVAN mais efi ciente por algumas equipes. ABSTRACT Objective: To report the experience of training Family Health Strategy (Estratégia Saúde da Família -ESF) professionals in the city of Balneário Piçarras, Santa Catarina, as a strategy to operationalize SISVAN. Data synthesis: Participants were 67 professionals from the 7 ESF teams working in the municipality from April to September 2016. Two meetings were held: one for the identifi cation of the diffi culties in implementing the system (such as: multiple activities, lack of printed forms, and the poor conditions of anthropometric scales) and initiation of the training (addressing the importance of SISVAN); and the other to teach how to complete the forms and insert the data into the software. Conclusion: After all, the professionals became interested in activating SISVAN. The participants also reported the importance of including nutrition professionals in the ESF teams to collaborate in the activities related to food and nutrition education and in the provision of guidelines and interventions based on the food and nutritional situation of the population. After the training was completed, there was a more effi cient data logging into SISVAN by some teams.
doi:10.5020/18061230.2017.p283 fatcat:wp5mxsocsvb6xmukzy7wdv56im