Alfabetização e escolarização de trabalhadores negros no Recife oitocentista: perfis e possibilidades

Itacir Marques da Luz
2013 Revista Brasileira de História da Educação  
Resumo: O artigo procura discutir as práticas de escolarização e alfabetização entre a população negra no contexto do Brasil oitocentista, entendendo essas diferentes "formas de praticar" dentro do conjunto das iniciativas cotidianas de resistência e afirmação social, empregadas pelos negros, diante dos limites políticos e culturais da sociedade escravista. Esse fenômeno sociocultural é aqui discutido a partir da implementação oficial das aulas de primeiras letras para mestres e aprendizes de
more » ... s e aprendizes de ofícios, por parte de uma associação de profissionais deste mesmo segmento, fundada na cidade do Recife, observando as repercussões sociais e étnicas desta ação educativa, e o que ela representa na compreensão da produção simbólica e material das pessoas negras no Novo Mundo. Palavras -chave: população negra; alfabetização; trabalho; escravismo. Rev. bras. hist. educ., Campinas-SP, v. 13, n. 1 (31), p. 69-93, jan./abr. 2013 70 Alfabetização e escolarização de trabalhadores negros no Recife oitocentista Abstract: In this study, we discuss the practices of schooling and literacy of the Afro-Brazilian population in the context of nineteenthcentury in Brazil, interpreting these different "ways to practice" as everyday initiatives of resistance and social affirmation used by Afro-Brazilians in face of the political and cultural limitations of slave society. This sociocultural process is herein analyzed since the official implementation of the "first letters" classes to teachers and apprentices of crafts by a professional association founded in the city of Recife. We observed the social and ethnic repercussions of this educational activity and what it represents in the understanding of the symbolic and material production of Afro-Brazilians in the New World.
doi:10.4322/rbhe.2013.015 fatcat:62xjgvuvivav3flcuwvptaek3i