O CORONARIOPATA E O AMBIENTE DA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA: Estudo da influência dos procedimentos invasivos

Katia Grillo Padilha
1987 Revista da Escola de Enfermagem da USP  
Trata-se de um estudo sobre a influencia da quantidade de procedimentos invasivos aos quais é submetido um paciente assistido em Unidade de Terapia Intensiva e sua relação quanto à percepção desse ambiente. Foram entrevistados 100 pacientes com diagnóstico médico de Insuficiência Coronariana Aguda, internados numa mesma UTI e divididos em Grupo A, aqueles com maior número de procedimentos invasivos, e Grupo B, com menor número desses procedimentos. O estuda estatístico não revelou diferença
more » ... velou diferença entre os grupos A e B, tanto em relação à quantidade de problemas, quanto à sua natureza. A maioria dos pacientes dos dois grupos referiu problemas relacionados com a internação e, inversamente, a minoria percebeu sons e imagens que chamaram a sua atenção no ambiente da UTI. Dos problemas referidos pelos pacientes, a maioria foi de origem ambiental, com predomínio daqueles relativos à separação da família.
doi:10.1590/0080-6234198702100100037 pmid:28746476 fatcat:lms7dlr3xfhbblx666gfiriqsi