Estudo mostra equivalência de resultados com terapia cognitivocomportamental e com medicação antidepressiva no tratamento da depressão grave

1999 Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental  
doi:10.1590/1415-47141999003013 fatcat:zlhcuqmslbc4xjnvwceggvlmfi